Categoria: Tecnologia

Robôs Ligadores Infernizam

Robôs Ligadores Infernizam

A onda dos robôs, motores de software, autômatos realizadores de milhares de ações mercadológicas por minuto, coqueluche no marketing digital, agora com implemento de circuitos e programação neural a custos reduzidos, proliferam como soluções de atendimento por “inteligência artificial” .

Importante verificar o alcance e os limites de uso de tais soluções, uma vez que esbarram nas regras transnacionais de proteção de dados e para limitar importunação aos usuários consumidores.

Se antes os atendentes humanos nos “call centers” já eram prolixos e muitas vezes impertinentes, ou inconvenientes na insistência para venda de produtos e serviços, os robôs ligadores estão partindo para o ataque incansável da máquina, repetindo contatos telefônicos de forma frenética.

Esta abordagem invasiva das empresas fere frontalmente a legislação de consumo, além da regulação infralegal das agências de controle para garantia do sossego e privacidade dos cidadãos, a exemplo do cadastro negativo para o marketing direto controlado pela ANATEL, mas com baixíssima efetividade por fiscalização pobre, omissa e punição idem.

CARTÓRIOS DIGITAIS

CARTÓRIOS DIGITAIS

O mundo das relações interpessoais e transações financeiras de toda ordem, assim como o controle e segurança quanto a direitos adquiridos e transmitidos, depende da forma e procedimento adaptados ao sistema jurídico de um país, sem deixar de acompanhar a dinâmica e velocidade das transformações do mundo contemporâneo.

É neste cenário que se insere a tecnologia do “BLOCKCHAIN”, desenvolvida a partir de algoritmos e camadas de segurança em escrituração de ativos financeiros, atendendo necessidades específicas das instituições bancárias. Todavia, é capaz de ser expandida para diferentes modelos de instituições que lidam com qualquer natureza de registros, sempre que estes devam ser únicos e sob elevado nível de controle.

Este contorno digital seguro e com amplo espectro de utilização, serve perfeitamente para encadeamento registral peculiar nos variados sistemas de autenticação, publicidade e controle de sequências dominiais.

Por esta razão o registro imobiliário torna-se alvo perfeito para esta tecnologia, seja pautado pelo simples arquivamento dos documentos de suporte, ou por controle prévio de admissibilidade da transação que vem criar um direito imobiliário perene e inexpugnável: registro de direito.

Passa-se da era do papel para mecanismos registrais totalmente digitais, ampliando o alcance e a velocidade destas atividades sem perda de segurança.